17.3.08

O homem de açúcar

— Vamos, Fulano! Por acaso você é de açúcar, vai dissolver se pegar chuva?
     Sempre assim: as pessoas chamavam e o Fulano não ia. Ficava dentro de casa, andava debaixo das marquises, trabalhava até mais tarde, fazia hora nas lojas: tudo para não pegar chuva, tudo para não se molhar. Puro medo de dissolver. Mas não só de dissolver, que os homens de açúcar têm outras preocupações: Fulano escondia-se do sol para não derreter, fugia do frio para não virar pedra.
     Não que Fulano fosse mau sujeito, também não que Fulano fosse infeliz. Era feliz à sua maneira, levava a vidinha num açucareiro, num potinho fechado onde as coisas são menos perigosas e mais açucaradas. E, ainda que saísse de lá, era só para pular no pote de achocolatado. Não ia muito mais longe que isso.
     Fulano nunca esqueceu o guarda-chuva de propósito em casa. Fulano nunca ignorou o conselho de levar um casaco. Nunca fingiu que não ouviu o despertador, nunca trocou o almoço por um sanduíche, nunca abriu um botão a mais da camisa.
     Protegia-se da chuva, era o que fazia.
     Quando moleque tinha vontade de ter uma moto que, depois de crescido, jamais comprou. Pensou em fazer um penteado mais legal, deixar o cabelo crescer um pouco, mas pedia ao barbeiro o mesmo corte de sempre. Até notou que a garota do financeiro o tratava com uma simpatia especial, mas nunca a convidou para sair.
     Escondia-se da vida, era o que fazia.
     No fundo, Fulano era mesmo um desses homens de açúcar. Pois acabou que um dia foi pego por uma chuva repentina que o dissolveu e arrastou para o bueiro. E —cá entre nós— ninguém notou falta.

14 comentários:

Stephanie disse...

nada doce uma vida dessas. Aliás muito sem sal também [af, que piadinha infame]

=)
beijo!

Duda disse...

"E —cá entre nós— ninguém notou falta."

"ui."


Fulano nunca jogaria sal no açucareiro.

abraços!

Larissa Bohnenberger disse...

Pobre Fulano! Fiquei com pena dele!

Sr. Sem sono disse...

Hey Bruno, te indiquei para um meme, se quiser participar - dá uma passada no meu blog, lá explico melhor.

Aliás póbre fulano sem sal!

MP3 e MP4 disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the MP3 e MP4, I hope you enjoy. The address is http://mp3-mp4-brasil.blogspot.com. A hug.

Mariah só Mariah disse...

ainda mais em tempos de adoçantes dietéticos...adoçantes em sachê! é, o negócio é atualizar-se mesmo!
beijos
mariah

Tyler Bazz disse...

Se ninguém deu falta, é porque ele era de açucar, mas não era lá muito doce...


tem indicações lá no blog, Bruno..

o/

Denis disse...

Acho que esse Fulano era de adoçante, era uma farsa hihihi!

Mariliza Silva disse...

Olá meu querido!

Saudades e desculpe minha ausência. Ando ausente até de mim mesma.rs

Um beijo no seu coração e Feliz Páscoa

Mariliza

Diego disse...

Menos um "tipo G" no mundo. :P

Paulo Bono disse...

"Era feliz à sua maneira", isso que é importante, não acha?

abraço, escritor

FERNANDO disse...

Boa releitura do pensamento pop "Nem sei se estarei vivo amanhã...".

FERNANDO disse...

Boa releitura do pensamento pop "Nem sei se estarei vivo amanhã...".

FERNANDO disse...

Boa releitura do pensamento pop "Nem sei se estarei vivo amanhã...".