7.1.09

Asas

Um bater de asas
e lá se vai o sabiá
–ah, se eu fosse Ícaro...

4 comentários:

Stephanie disse...

geralmente evito comentários nos haicais e talvez nem devesse - mas enfim - desse aqui eu gostei. Muito.

acho que é por causa da história dos sabiás da garagem, frágeis como bater de asas, por um lado - e dos sabiás que, quando conseguem crescer ficam cheios de possibilidades de vôo

mas, particularmente, acho esse negócio de Ícaro meio furada, hein, pelo menos com sol que faz, por aqui, prefiro pensar numa asa-delta

beijo

o amnésico disse...

E mesmo Dédalo não seria uma solução das melhores!

***

Perdoe a displicência de te desejar um Ano Novo feliz tão tarde...

o amnésico disse...

... e prá variar esqueci de dizer: sabiás são legais!

Anônimo disse...

Estou simplesmente amando seus textos, dos haicais às crônicas, dos contos aos poemas... parabens!!!

baraços, natalia