9.2.07

Post pessoal

Ok, estou a 4000 metros de altitude, num país estranho, numa hora diferente da que meu corpo estava acostumado, falando uma língua que nao domino lá muito bem e lidando com um dinheiro do qual nao tenho muita nocao. E - onde o bicho mais pega - sozinho de tudo. Nem tudo é tao lindo assim, claro.
     Altitude nao foi problema para mim. Nao tive, como diziam, dor de cabeca, nem meu nariz sangrou e nem ao menos me senti cansado. Só no primeiro dia em Cocha fiquei meio sem fome, mas acho que pode até ser por causa do fuso horário. Quem em conhece, sabe que eu sou muito regrado - chato mesmo - com isso: passou da minha horinha de comer, nao como mais.
     Com o novo fuso horário eu estou quase acostumado. Afinal nao é tanta diferenca assim - 2 horas a menos. Só me deito meio cedo, lá pelas 22h00. Mesmo porque nao tem muito o que fazer depois disso.
     Comida é meio comlicado. Eu ainda nao conheci tudo o que eles tem aqui, entao vou ficando no cardápio mais brasleiro. Aos poucos me aventuro e vou provando as coisas que eles tem aqui. Tudo muito bom, mas ainda falta aquele toquinho brasileiro...
     Ainda nao tive problemas com roupas. As minhas dao para o gasto. Aqui em La Paz é meio friozinho, mas lembra muito o clima de Curitiba. nada a que eu nao esteja acostumado. Só estou repetindo as roupas mais que o habitual, afinal nao tem mamae para lavar minhas coisas aqui. (Ai, que vontade de falar com a minha mae...)
     Cuecas. Trouxe poucas para muitos dias. Como fazer? Eu as lavo no chuveiro, quando tomo banho. Ficam bem cheirosas com sabonete.
     Hoje me barbeei pela primeira vez desde que saí de casa, em Curitiba, no sábado a noite. Sem espuma, tive que resgatar uma técnica que há muito tempo nao usava: barbear-me com sabonete.
     Lembrei-me do capitao Pascarella, que ensinou no CFR que quando o combatente está de moral baixa, a melhor coisa é uma penteada no cabelo. Hoje, antes de sair, tomei um banho quente, fiz a barba, me perfumei, penteei e prendi os cabelos com cuidado e me senti novo em folha. Moral do combantente lá em cima! Aliás, muito do que aprendi no CFR está sendo relembrado aqui. Bons tempos, viu?
     Espanhol nao é muito difícil. Eu tenho o vocabuláro até que bem abrangente, mas em algumas situacoes o bicho pega. Aí o negócio é apontar para o que ser quer, uma linguagem universal. O engracado é que nao adianta falar portugues, eles nao entendem em uma palavra.
     Bolivianos. Demorei um pouco para chegar num cambio legal, e cheguei a conclusao que um boliviano vale 25 centavos de real. Arredondando, claro. A conta mais certa é com o dólar: uma verdinha dá exatamente 8 bolivianos. Alguns deles aqui chamam a moeda de peso, nao sei por que raios.
     Estar sozinho é complicado as vezes. Nao encontrei nenhum brasileiro até agora e sinto falta de falar um pouco de portugues. Sinto falta de conversar também, seja lá em que língua for. mas quanto a isso já estou ficando mais atrevido, vencendo minha timidez e puxando papo com os turistas. As vezes eu invento assunto para puxar papo. eu até sei onde ficam as coisas, mas pergunto no hotel como se faz para chegar, só para conversar um pouquinho.
     A verdade é que eu nao pensei que fosse me sentir tao sozinho. Ontem mesmo eu me senti meio triste, a noitinha. Comecei a ficar com medo de que desse algo errado, que me roubassem o dinheiro ou sei lá que diabos me acontecesse. Mas logo passou. Quando estou na rua, eu me sinto feliz, forte, livre como nunca na vida.
     Cheguei a conclusao de que nao é legal ficar muito tempo de bobeira no hotel. O negócio é estar no meio das pessoas. Quando estou na rua, eu estou sempre feliz. Em alguns momentos me emociono pensando em tudo o que de bom está acontecendo comigo nesta viagem.
     Enfim, nada que eu nao possa vencer. Estou conhecendo melhor a mim mesmo, superando e ampliando meus medos, minhas limitacoes. E se antes eu já me considerava um homem forte, firme, quando terminar esta jornada, sei que nada mais no mundo vai me derrubar fácil. Porque medo todo mundo tem, e cabe a cada um a decisao de enfrentá-los ou render-se a eles. Coragem a gente forja um pouco mais a cada dia.

* * *

Ah, sim! Estou frustrado: nao vi NENHUMA lhama até agora. Digo, nenhuma lhama viva. Porque no mercado aqui tem uns fetos de lhama secos, umas belezinhas. Posso levar para quem encomendar.

11 comentários:

Monize disse...

Como assim nenhuma lhama??? Que chato isso!!! Até eu me decepcionei agora... =(
Mas menino... não desanime não! Pq tem um monte de gente acompanhando sua jornada daqui e torcendo pra que tudo dê certo viu?!
Um Beijão e que a Força esteja com vc!!!

Rafael Palma disse...

Muito bom ler tudo isso...até a gente fica apreensivo, torcendo é claro para que tudo dê certo! Se eu pudesse teria ido junto...mas dai eu iria querer assistir ao Campeonato Boliviano....nossa DEVE ser Horrivel! Fica com Deus! Abraço!

Recka disse...

Não se deixe levar pela solidão, não vale a pena, saiba que tem muita gente aqui o quer bem... aproveite ao maximo aí!!
E queria compartilhar um momento de alegria: passei na prova de admissão do mestrado, agora é oficial.

Vanessa disse...

Oh Bruno!
Tu falando assim da até vontade de ir pra ir correndo só pra falar um pouco em português contigo.
Bom, nas verdade, estou pensando seriamente de convidar o Evandro pra encararmos essa aventura na Bolívia.
Mas aproveite tudinho aí, registre tudo em fotografia (se possível) e conte todos os detalhes da tua viagem. Estamos adorando sua viagem e ler seu diário. E, é claro, torcendo por sua volta em segurança e muita alegria.
Abraços e até amanhã.

MA disse...

Faltou engraxar o sapato para a barra da moral ficar completa...

No mais estamos ai com vc... e se nós não estamos, siga a filosofia que eu uso qaundo ando de moto... Eu sempre ando em quatro pessoas na moto: eu, Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo... Sem contar que sempre tem lugar pra Maria...

E quando a voltar mais forte siga a filosofia do Rocky VI: "o importante é saber quanta porrada você pode levar da vida, se pode levantar e continuar lutando". Neste quesito VOCÊ é o Campeão...

Vai pela sombra... e não quero um feto eu quero uma lhama pra criar no sítio do seu carlinhos...

E quero uma foto do EVO!!!

Mamãe disse...

Meu lindo filinho!
Estou muito preocupada com você aí sozinho, nesta terra de gente mal educada, que nem te dá bola.
Vai se preparando que você vai continuar a lavar suas cuecas quando voltar para casa... Vou ler todos os seus posts para descobrir o que mais você anda fazendo por aí...
Lembre-se de mim não pela falta de comida ou cuecas limpas...
Beijos. Te amo. Fica com Deus.
Mamãe

Marco disse...

Fala Bruno,
Se tá com medo porque veio (ou melhor, foi)??
Para de reclamar e vá conhecer a vida real por aí. Pare nos botecos sujos e coisas assim, pois assim você realmente pode dizer que esteve em contato com a cultura local.
Aproveite a comida, bebida, costumes e garotas locais... assim você sai rapidinho da depressão!
Abraço.
Marco

P.S. - Sua mãe está mandando dizer para você não confiar em todo mundo e a Ana mandou não carregar pacote para ninguém, especialmente no Aeroporto.

Ana disse...

Bruno,
Tome muito líquido (chá, cerveja, etc) e aproveite a cultura local, faça xixi na Plaza... quem sabe alguma garota preste atenção em você e, quem sabe se encante!
Boa sorte.
Ana

P.S. - Aproveite, aí ninguém te conhece....

Marco disse...

Aproveita que ninguem tai, nem sua mae nem teu pai ou qualquer um e faz tudo que puder! Eu apoio tua ideia de vira traficante. quem sabe voce ussa uma dessas armas!
boa sorte1
Francesco

P.S. use a cueca do avesso para nao ter de lavar. Assim a saudade da mae passa!

Je disse...

Não deve ser muito facil...mais é uma excelente experiencia.
Principalmente agora que aprendeu a lavar cueca no banho..todo homem deveria fazer isso ...E apoio sua mãe nada de lavar cuecas mais..ahhahhah
Beso

MH disse...

xiii, rapaz... Esse negócio tá ficando feio! hehehe Viu lá em cima que você não tem mais como evitar...? Passará a lavar suas cuecas! hahaha Seja mais comedido no que revela saber fazer por aí! hehehe No mais! Aquele abração! Eu estou respondendo atrasado, novamente, pois não consegui acessar a net esses dias!!! FUI